Agradecimento Conferência JUWES

cover juwes conf
Vamos lá…
Como expressar a gratidão a Deus e as pessoas que Ele colocou no caminho da juventude para fazer esse 1° de Maio?
Como expor em um simples texto a alegria que sentimos ao ver a juventude alegre, cheia de Deus e satisfeita?
Será possível? Vamos tentar!
Bom, iniciamos este texto agradecendo a Deus que nos sustenta nas dificuldades e é o motivo de nosso viver. Uma gratidão imensa pela liderança: Bispo Anderson Calebe, Pr. Ronaldo e nosso conselheiro Pr. Carlos Cruz que nos ajudou MUITO. À mesa regional de jovens que trabalhou muito, perdeu noites de sono, momentos de lazer para fazer o melhor para os JUWES da nossa região, marketing, redes sociais, financeiro, MRJ, fotografia, secretarias, cultivo espiritual, evangelismo, eventos, dança. À toda a mesa, que ficou louca com as alterações mas fez tudo o que pode para oferecer o melhor para Deus. Aos líderes distritais que mobilizaram seus distritos para que viessem e superassem o numero de pessoas esperado, aos lideres locais por comprar a visão, a todos os SD’s por nos apoiarem e ajudar até financeiramente, aos nossos incríveis palestrantes Rosana Sá, Joe Oliveira e Pr. Eduardo Reis (sem palavras), não posso esquecer do nosso convidado Samuel Mizrahy e banda que nos alegrou com sua presença e uma palavra abençoada.
Enfim, a você que acredita na juventude de sua igreja, a você que crê que Deus nos reservou um novo tempo!
A sua cara é ser Juwes, a nossa cara é ser Juwes!
#Permaneçam

– Paulo Vitor

Anúncios

Kit Sobrevivência Ancorados

Hey! Tudo na Paz?
Esse post tem como intuito ajudar vocês com a questão “O que levar?”
Em tópicos, claro.

* Vontade, ânimo e disposição;
* Boa semente pronta pra ser lançada em terra fértil;
* Garrafa de água (manter-se hidratado ajuda na disposição);
* Protetor solar (a previsão de tempo não indica altas temperaturas, mas não vale arriscar);
* Dinheiro! Não ande liso por aí, tenha sempre uma reserva;
* A propósito o almoço custará R$10 per capita (por pessoa);
* Óculos de sol e bonés são bem-vindos (pareça um turista, mas não tenha insolação);
* Vista camiseta, bermuda, tênis/chinelo. Sinta-se confortável e leve umas peças extras em todo o caso;
* Skate, malabares, patins e afins;
* Não precisa ostentar um grande e chique relógio;
* Aliás, não precisa ostentar nada;
* Use uma mochila/bolsa com o necessário (é um evangelismo, não um camping);
* Cuidado com seus pertences;

Bem, acho que é isso! O mais importante, venham cheios do amor de Deus pra compartilhar!

Beijos e até amanhã!

-Aracelli

Agradecimentos #PERMANEÇA

10173698_749179581768987_2637013646123336550_nGostaríamos de agradecer à toda juventude que tornou o 1° de Maio um dia muito especial, a todos que decidiram comemorar este dia com a alegria e união que ele merece, aos lideres distritais que se esforçaram para trazer a juventude de cada distrito. Agradecemos também as nossas autoridades: Pr. Carlos Cruz, nosso conselheiro que nos viabilizou contatos e nos auxilia nos eventos com muita sabedoria; ao secretário de educação da 3° Região, Pr. Ronaldo Cabrera, que apóia e acompanha de perto toda nossa juventude.
Queremos a agradecer e dar a honra devida a todos que estiveram conosco em uma tarde muito abençoada e prazerosa, e em especial o nosso preletor Pr. Luiz Henrique que foi muito usado por Deus para falar da parte de Deus a nossa juventude.
Somos eternamente gratos a Deus, no qual escolhemos PERMANECER até o fim.

Obrigado a todos!!! Vocês são demais!!! Fiquem sempre firme com Deus e unidos em amor!!!


“Assim como os montes, permaneça”
Salmos 125:1

Mesa Regional JUWES 3ª Região

 

Comunhão é Devoção

1509039_717217671631845_1956044919_nExiste um fenômeno nos grandes centros urbanos em que as pessoas buscam cada vez mais o individualismo. Cada um na sua. Hoje é quase impossível conhecer quem mora ao lado.

Isso não é diferente dentro das igrejas. Muitos, visando uma maior comunhão com Deus, se excluem de tudo e de todos. Estudam a Palavra de Deus e oram muito. Mas na contrapartida, desvalorizam o relacionamento com os irmãos e os colocam em segundo plano.

Lembre-se: Uma boa vida de devoção a Deus é aquela que combina espiritualidade e comunhão com os irmãos.

Um grupo do século XIV denominado “os amigos de Deus” queria descobrir a amizade de Deus de uma maneira mais intima do que a igreja os havia encorajado a fazer. Eles tentaram revitalizar a vida espiritual das comunidades locais e para tanto escreviam cartas, visitavam pessoas e desenvolviam o que chamavam de “amizades da alma”. Tornaram-se uma grande sociedade informal, uma das grandes forças espirituais antes dos dias da Reforma.

Paulo conseguia conciliar três coisas de maneira sublime: seu trabalho, seu ministério e suas amizades. Na epístola aos Romanos, ele dedica um capitulo inteiro para agradecer pessoas e as chama pelo nome (cap 16). Em Efésios, vemos que ele “não cessava de dar graças a Deus” pela fé e amor dos crentes (1.15). No final da segunda carta a Timóteo, ele dedica suas ultimas palavras conhecidas (de toda sua vida) para saudar seus irmãos e nos informar que, Marcos, que antes não “servia” para acompanha-lo em suas viagens, agora se tornara “muito útil para o seu ministério”(4.11).

O próprio Senhor Jesus, estava sempre rodeado de seus discípulos e sempre conversava e os aconselhava. Seu sermão mais conhecido, é direcionado aos seus amigos (Mt 5).

Talvez precisemos hoje despertar um movimento semelhante aos dos “Amigos de Deus”, para lutar contra a alienação, que, por enxergar somente o interesse próprio e menosprezar a comunidade, faz definhar nossas vidas.

“A amizade santa vem verdadeiramente de Deus; que em meio à infelicidade desse exílio, somos consolados com o conselho de amigos, até que cheguemos a Ele.”
Richard Rolle

Permaneçamos em Deus, permaneçamos unidos.

Jessé Amaral

Permanecer?

1962714_722728284414117_956183378_n

Segundo o Dicionário Web, PERMANECER é um verbo intransitivo e significa: perseverar, insistir e ficar.

Mas o que impulsiona o ato de PERMANECER não é esclarecido, nem explicado.
O “permanecer” acontece quando se tem segurança e certeza, então neste momento vem o chamado da permanência.
Pode-se permanecer em um curso, em um emprego ou relacionamento, quando as condições são favoráveis e geram uma sensação de bem estar apesar das dificuldades.
Pode-se tomar como exemplo, um universitário que permanece por quatro anos se dedicando ao mesmo curso. Alguns param ou mudam, outros persistem.
Na mesma linha de pensamento, mas de uma maneira infinitamente complexa, é a vida. Existem milhares de decisões que são tomadas, algumas impensadas, nada prudentes, enquanto outras passam por profunda análise. E ainda assim não existe garantia de sucesso.
Mas aquele que decidiu aceitar a Cristo como seu único e suficiente salvador tem uma perspectiva diferente a respeito da vida.

Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência,e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.
Romanos 5:1-5

O universitário sabe que ao fim de quatro anos, entre provas e dificuldades, ele receberá o seu diploma. Logo, o que faz ele permanecer estudando é a conclusão do curso, que é incerta. Mas ele tem ESPERANÇA que aconteça.

Na caminhada com Cristo existe uma conclusão, felizmente o final é certo. Então, como está em Hebreus 10:23: “Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu”. A esperança do verdadeiro cristão não é incerta, não gera margem de dúvida, não há motivos para desistir. Se um estudante consegue manter a fé em uma folha de papel, o cristão não pode hesitar em PERMANECER em Cristo Jesus. Ainda que longo seja o caminho, com provas infindas e momentos de silêncio.

Ó minha alma, espera somente em Deus, porque dele vem a minha esperança.
Só ele é a minha rocha e a minha salvação; é a minha defesa; não serei abalado.
Em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus.
Salmos 62:5-7

PERMANECER até fim. Quão distante é o fim?
Jesus esteve entre os homens e PERMANECEU como homem, passando pelas mesmas provações e sofrendo as dores, não apenas de um homem, mas de toda a humanidade. E Ele, com toda Sua glória PERMANECEU até o fim de Seus dias na terra, para livrar todo homem e mulher de sofrer.

Jesus Cristo permaneceu até o fim, na esperança que o mundo aceite que o pecado não é o dominador, nas esperança que as pessoas entendam que o diabo foi derrotado e isto é irreversível, que todo o poder pertence a Deus, toda a força pertence a Deus, e se nós tomarmos a decisão de PERMANECER em Deus a fim de alcançar a vida eterna, Ele é quem alimenta a nossa ESPERANÇA, nos mantém em um porto seguro durante noites tempestuosas, e em dias sem brisa conduz o barco.
Deus é a esperança que nos faz permanecer.
Quando a alma se afligir, a esperança dá segurança, e, seguros escolhemos PERMANECER.

A Esperança é a Âncora da Alma.
Hebreus 6:19

 Aracelli de A. Amorim